Casa modernas: 8 exemplos para desenhar uma fachada original

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Casa modernas: 8 exemplos para desenhar uma fachada original

Nicole Nunes—homify Nicole Nunes—homify
 Houses by Blocher Blocher India Pvt. Ltd., Modern
Loading admin actions …

Na arquitetura, o estudo dos cheios e vazios tem uma importância significativa em diversos tipo de projeto. É usado desde o desenho urbanístico de um bairro ou cidade para entender a relação entre construções e áreas livres, até na arquitetura de interiores para estabelecer boas áreas de circulação dentro dos ambientes construídos. Arquitetos e decoradores sempre têm este ponto em mente antes de começar qualquer projeto a fim de construir espaços equilibrados e práticos.

Como dito, tal estudo pode ser bastante vasto, por isso hoje selecionamos uma área específica da arquitetura que conta com superfícies abertas e fechadas para criar uma dinâmica interessante e atraente: as fachadas modernas. Por uma questão de harmonia, o estilo da casa deve-se refletir tanto dentro quanto fora da construção, portanto um lar moderno vai muito além das salas de estar espaçosas e decoradas com peças únicas. As frentes da casa também devem expressar o estilo de alguma maneira.

Se você quer desenhar uma casa essencialmente moderna, continue conosco e confira residências exemplares, com fachadas impressionantes!

1. Materiais leves e pesados

Aqui, a relação contrastante entre cheios e vazios é demarcada pelo uso de materiais leves e pesados. Por um lado, a pedra é utilizada para conformar uma superfície quase que completamente fechada; por outro lado, a madeira e o metal compõe a parte aberta da fachada, conformando um terraço perfeito.

2. Uma fachada feita de constrastes

Basicamente, os cheios e vazios são uma relação de contrastes. Neste caso, não apenas entre superfícies abertas e fechadas, mas também entre as cores. O preto e o branco é uma combinação clássica que vai muito bem em fachadas modernas.

3. Jogo de volumes

Brincar com os volumes também é um caminho para desenhar casas modernas. Ora mais altos, ora mais baixos, o dinamismo é a essência de projetos deste tipo.

4. Iluminação

Naturalmente, não se trata apenas de cores, materiais e volumes, as luzes e sombras também cumprem um papel fundamental na composição dos cheios e vazios. Principalmente durante a noite, o contraste entre ambientes abertos e fechados dá-se a partir da iluminação.

5. Sensação de continuidade

E por falar em harmonia, o desenho desta fachada oferece uma sensação de continuidade que é fabulosa. A estrutura da casa parece dobrar-se para incorporar a parte fechada da casa, enquanto a parte aberta fica completamente livre.

6. Brincando com os sentidos

Pode-se dizer que a arquitetura moderna prova que não há regras a seguir, desde que as soluções utilizadas prezem pelo equilíbrio. Nesta fachada, tanto o sentido horizontal quanto o vertical são utilizados para criar uma fachada dinâmica e atraente, mesmo com uma empena cega.

7. Linhas retas

Agora estamos diante de um projeto que exemplifica claramente como os cheios e vazios podem surgir na fachada. Com linhas retas e bem demarcadas, a estrutura de pedra é composta por empenas cegas e aberturas.

8. Volumes, materiais e cores

E para finalizar o livro de ideias, conferimos um desenho que incorpora diversos dos aspectos vistos anteriormente. Um jogo de volumes surge na lateral da casa, onde o concreto aparente contrasta com o branco da pintura, assim como os diversos materiais utilizados criam visuais atraentes e interessantes.

 Prefabricated Home by FingerHaus GmbH - Bauunternehmen in Frankenberg (Eder), Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!