7 dicas para revestir a azulejo um pequeno banheiro

Eduardo Prado—homify Eduardo Prado—homify
Google+
Loading admin actions …

Renovar é preciso. Renovar um ambiente é dar a ele uma nova forma de olharmos. É evitar o cansaço aparente que o mais do mesmo costuma nos trazer com o dia a dia. Um ambiente renovado, é capaz de resgatar o amor que sentimos pelo lar e, que com o passar do tempo, foi se perdendo pouco a pouco. 

Quando pensamos em renovar um espaço de casa, muitas possibilidades nos cercam. A reconstrução de todo um espaço é a oportunidade de modelarmos de forma totalmente nova a decoração do ambiente. Com a reconstrução, podemos mudar toda a estrutura, trazendo algumas possibilidades que julgamos serem necessárias para uma transformação radical e completa no ambiente. O grande problema, neste caso, é o alto custo e logo período que uma reforma completa pode demandar. Já os pequenos ajustes em um ambiente, podem ser feitos aos poucos, com mudanças de curto período, que trabalham de uma forma gradual na mudança. Trocar uma peça ou outra de lugar, trocar as cores do ambiente ou outras pequenas particularidades não estruturais, podem ser feitas pouco a pouco por nós mesmos.

Uma das formas de mudar a aparência de um ambiente de forma gradual, é a escolha por um novo conjunto de azulejos que serão parte do ambiente. Esta mudança pode ser feita por você mesmo, desde que esteja com a supervisão e acompanhamento de um profissional. Lembre-se que, embora algumas atividades denotem facilidade, é preciso ter os cuidados e o acompanhamento especializado em todas as etapas. Estes cuidados são ainda mais essenciais quanto a compra e instalação de azulejos, já que isto demanda um investimento financeiro considerável e a instalação é feita com materiais que podem oferecer riscos à sua saúde. 

Por isso, se você deseja trocar os azulejos do seu pequeno banheiro, a nossa sugestão é a de que, primeiramente você converse com um bom profissional, que pode ser encontrado aqui, no homify, e depois se atente para os equipamentos de segurança necessários, como o uso de óculos de proteção, luvas, capacete, calça e bota. Com estes equipamentos, você estará seguro de sofrer ferimentos com pedaços cortantes dos azulejos.

Tendo estes equipamentos em mãos, é horas de seguir em frente e promover por si mesmo uma mudança que, certamente, deixará o seu banheiro ainda mais lindo e você sentirá ainda mais orgulho por ter no lar, uma instalação feita por si mesmo.

Aproveite nossas dicas e vamos em frente!

Medição

Para saber a área a ser revestida com o azulejo, você deverá fazer o seguinte cálculo:

- Para a área da parede, some os lados e multiplique-os pela altura. 

- Para a área do piso, multiplique a largura pelo comprimento.  

Faça a soma total e veja a quantidade de metros quadrados que você informará no momento da compra. Lembre-se que é necessário acrescentar mais 10% ao valor do total como precaução de pisos a serem recortados para o preenchimento de espaços. Mas, lembre-se: estas dicas são para o preenchimento de pequenos espaços em seu banheiro. Para uma reforma completa, o ideal é a contratação de um bom profissional.

Na imagem, um projeto muito charmoso da Maria Helena Torres Arquitetura e Design, do Rio de Janeiro (RJ), que escolheu apenas a área do banho para decorar com um conjunto maravilhoso de azulejos estampados.

Comprando os azulejos

 Nossa primeira sugestão é a de que você compre uma quantidade 15% maior do que a medição feita. Isto ajudará no caso de peças quebradas durante o transporte e também para a necessidade de adaptar peças de diferentes tamanhos durante a instalação no banheiro. Lembre-se que, provavelmente, as peças escolhidas deixarão pequenas brechas que precisarão de azulejos em tamanhos menores para que os espaços sejam complementados. Nesta etapa, tenha em mente qual o tipo de azulejo você gostaria de utilizar para a decoração. Além das conhecidas peças em porcelana, existem outras variedades em mármore, granito e, para o piso, vinílico ou laminado. 

Dica: estude antes o tipo de piso que gostaria utilizar e só depois faça a medição. Depois disto, demarque um espaço e veja qual a peça se enquadrará melhor, evitando o corte de outras peças para adaptações. 

As ferramentas

Algumas ferramentas são essenciais para que as peças de azulejo fiquem perfeitamente ajustadas na instalação. Entre elas, estão: trena, argamassa para uso interno, baldes, desempenadeira, martelo de borracha, esquadro, linha de bater nível, cortador de piso, cruzetas (ou espaçadores), nível, esponja, rejunte, selante e impermeabilizante. 

Lembre-se de utilizar somente as ferramentas sobre as quais tem domínio e nunca hesite em pedir o acompanhamento de um profissional. 

Na imagem, uma instalação maravilhosa de peças em preto e branco em mais um trabalho impecável da arquiteta de interiores, Patricia Vertuan, de Curitiba (PR). 

Instalação

Para a instalação, você precisará de argamassa e rejunte. A argamassa será utilizada em uma fina camada linear para a instalação dos pisos. O rejunte é a massa para que os azulejos fiquem colados uns aos outros, evitando que fiquem buracos entre uma peça e outra. Para fazer a instalação das peças, a área deverá estar limpa e lisa. Siga as instruções do fabricante para que a aderência seja a melhor possível. Utilize uma desempenadeira dentada para que a argamassa seja espalhada e fixe as peças com um martelo de borracha. Lembre-se de utilizar pequenas cruzetas para definir o espaço ideal entre uma peça e outra e siga a aplicação dos azulejos com cuidado. Ao final da instalação, deixe as peças secarem por um período de um dia e, após isto, limpe-as, utilizando água e uma esponja grande. 

Na imagem, um banheiro lindíssimo projetado pelo escritório Nautilo Arquitetura e Gerenciamento, de São Paulo (SP). 

Utilizando cola

Em caso de instalações pequenas e em paredes lisas—ou ainda sobre outros azulejos, existem colas específicas que permitem uma excelente aderência das peças e porcelana na extensão da parede. Utilize-as na parte oposta da peça a ser aplicada e pressione levemente. Aguarde até que a cola seque e a fixação seja completa. 

Na imagem, um projeto perfeito da Merícia Caldas Arquitetura, do Rio de Janeiro (RJ), que tem a presença de azulejos azul e branco no banheiro decorado com um jardim vertical maravilhoso. 

Com argamassa

A utilização da argamassa é simples e prática. Basta você deixar lisa e limpa a superfície onde serão aplicadas as peças. Após isto, siga o passo a passo presente na embalagem e espalhe a massa com uma desempenadeira dentada, tomando o cuidado para que a aplicação seja uniforme. Após isto, aplique as peças, dê suaves batidas com o martelo de borracha e as deixe secarem.

Na imagem, um projeto de banheiro com decoração clássica, projetado pelo escritório Piloni Arquitetura, de São José do Rio Preto (SP).

Impermeabilização

Lembre-se: sempre que forem instaladas peças em locais de grande umidade, como é o caso dos banheiros, o ideal é a aplicação de impermeabilizantes tanto na massa quanto nas peças. Isto evitará que as peças caiam ou estraguem-se facilmente e evitará possíveis infiltrações que comprometerão a estrutura.

Na imagem, um projeto lindo com a presença marcante do pink no contorno da pequena pia. O branco do ambiente beneficia perfeitamente a iluminação natural do espaço desenhado pelo escritório Duplex Interiores, do Rio de Janeiro (RJ).

 Prefabricated Home by FingerHaus GmbH

Need help with your home project? Get in touch!

Discover home inspiration!