Revestimento cerâmico: durabilidade e resistência para interiores e exteriores

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Revestimento cerâmico: durabilidade e resistência para interiores e exteriores

Sílvia Cardoso—homify Sílvia Cardoso—homify
 Kitchen by Rima Design, Scandinavian
Loading admin actions …

A produção de revestimentos cerâmicos provém de uma área cada vez mais industrializada e preparada, tecnologicamente, para oferecer o mais vasto leque de opções de qualidade técnica e estética. Este tipo de revestimento, que surge da mistura de argila com outras matérias primas inorgânicas, queimadas a alta temperatura, é dos mais importantes e com maior índice de utilização na arquitectura, sendo as nossas cozinhas e casas de banho um exemplo perfeito disso.

Na verdade, fruto das suas características visuais e técnicas, o revestimento de cerâmica é utilizado tanto de forma decorativa como prática, sendo fundamental para melhorar o funcionamento de determinados espaços (por ser refratário ao sol, permite manter ambientes mais frescos) e a preservação de elementos estruturais da construção (ajuda a evitar a deterioração das paredes provocada pela humidade).

A durabilidade, a resistência e a elegância dos revestimentos cerâmicos foram fazendo deles cada vez mais importantes na arquitectura, não espantando, por isso, que se fossem implementando e estudando técnicas de transportar para a cerâmica o aspecto visual de outros materiais, como por exemplo a madeira. O revestimento cerâmico a imitar a madeira garante o toque de charme e beleza da madeira por um preço bem mais acessível e com a garantia de durabilidade e resistência que o revestimento de cerâmica oferece. Ao mesmo tempo, a manutenção e a limpeza do material será mais fácil. Falaremos sobre isso no nosso texto.

Acompanhe-nos.

1. A cerâmica em Portugal

Em Portugal, a arte da cerâmica e a importância da sua utilização—na forma dos famosos azulejos—data de 1500 e surgiu pelas mãos do rei D. Manuel I com o intuito de decorar o seu palácio em Sintra. Inicialmente inspirados pelos originais que vinham de Espanha (mais propriamente de Sevilha) e pelas técnicas da decoração geométrica islâmica, rapidamente evoluem, graças às expansões ultramarinas, para um estilo diferente que aglomera inspirações trazidas dos mais diversos pontos do planeta. Na verdade, o azulejo em Portugal foi beber influências a diversas culturas e serve de tela para contar a História da própria nação e do seu povo. Ao longo dos tempos, foi-se tornando marco importante dos nossos edifícios (públicos e privados) e objecto de curiosidade para quem visita o país considerado, hoje em dia, a capital mundial do azulejo e, à boleia das suas cores, o país “mais azul” do mundo.    

2. Por que são tão importantes os azulejos?

Nas nossas casas, os azulejos assumem um papel preponderante na decoração de interiores, sendo, como mencionado, encontrados particularmente na cozinha e na casa de banho. Isto acontece porque são áreas com grande uso e humidade pelo que exigem um revestimento resistente. Não obstante a sua aparência frágil, têm alta resistência à força, ao impacto, às manchas, às mudanças de temperatura e à absorção de água. Para a casa de banho, sugerimos a colocação de azulejos antiderrapantes e não porosos.

À componente prática junta-se o valor estético que emprestam aos espaços. Com as suas cores, formatos, desenhos e texturas, são eles que dão vida às paredes. Porém, também pode escolher azulejos brancos, sobretudo se o seu objectivo for oferecer uma sensação de amplitude ao espaço. Num espaço pequeno, deve-se usar azulejos pequenos e vice-versa. Uma casa de banho pequena com azulejos grandes, por exemplo, parecerá ainda mais pequena e não é essa a intenção. Para preservar as suas paredes, use cerâmica, sobretudo na zona de duche e em torno do lavatório, pois são estas as áreas que se molham mais. Na cozinha, coloque cerâmica na parede backsplash.

Os azulejos não estão só presentes nas paredes. São também usados para revestir o piso. Usá-los no piso é garantir-lhe durabilidade. Quando bem instalados e limpos—com produtos não abrasivos -, eles podem durar anos. Deve, claro, ser criterioso em relação à escolha. Privilegie uma estética intemporal para não ter que substituir tão cedo. 

Poderíamos continuar a nomear as vantagens do uso do azulejo. Mas, vamos terminar, dizendo que são uma escolha saudável. É isso mesmo. Leu bem. O seu fabrico a altas temperaturas significa que incluem poucas ou nenhumas componentes orgânicas voláteis passíveis de causar problemas de saúde.

3. Que tipos de azulejos existem?

De cerâmica: são feitos com barro cozido, tendo uma superfície esmaltada. São altamente duradouros e resistentes à água e ao fogo.

De porcelana: são melhores para as casas de banho e cozinha pois são mais resistentes à humidade do que os de cerâmica. A sua durabilidade deve-se ao facto de serem produzidos através de um método de pressão que os torna mais densos. O acabamento é, também, mais elegante do que o acabamento dos de cerâmica. Por esta razão, são mais caros.

Artesanais: têm um formato irregular e são mais espessos. As cores, os padrões e os acabamentos variam e são menos precisos, o que torna estes azulejos especiais e únicos.

Em mosaico: são peças de tamanho reduzido cuja aplicação individual é morosa e complexa. Por este motivo, hoje em dia, já se encontram painéis fabricados com várias peças numa placa só.

De vidro: terminamos com os de vidro que são essencialmente decorativos, podendo ser utilizados em paredes divisórias para que se crie uma segmentação em determinada, área sem se comprometer a passagem de luz.

4. Revestimento cerâmico a imitar pedra e revestimento cerâmico a imitar madeira

 Kitchen by OGGOstudioarchitects, unipessoal lda, Minimalist
OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

Interior view of the living room and kitchen

OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

Existem materiais de revestimento que, indiscutivelmente, chamam a atenção e se destacam pela sua beleza, mas que se mantêm fora do leque de opções por causa do preço elevado a que se encontram disponíveis. A pedra, como o mármore por exemplo, é disso exemplo e a compra de madeira também nem sempre é possível.

No entanto, hoje em dia, fruto do avançar da industrialização e da tecnologia, associadas à cerâmica, é possível substituir estes materiais graças um processo de impressão em alta resolução que oferece à cerâmica o aspecto real dos materiais nobres, com desenho e detalhes extremamente apurados. Perfeitamente apto para o revestimento do chão e das paredes de qualquer ambiente da casa, esta cerâmica imita o aspecto da pedra e da madeira na perfeição e garante a durabilidade, a resistência, a facilidade de limpeza e a manutenção, únicas do revestimento cerâmico.

5. Revestimento cerâmico antiderrapante

O revestimento antiderrapante é conseguido através de um processo de retirada de ar à mistura que dá origem à cerâmica, conseguindo-se um produto que se destaca pela muito baixa absorção de água e pelo alto desempenho da peça. A cerâmica antiderrapante é ideal para determinadas áreas da casa onde se manipulam alimentos, onde se lida com água ou onde a circulação é intensa, como por exemplo cozinhas, quartos de banho, decks, zonas de piscina e corredores. A principal característica da cerâmica antiderrapante é, para além da resistência ao choque térmico, ao impacto e às manchas, a resistência ao escorregamento. É um tipo de revestimento que oferece todas as garantias de elegância das restantes opções e que pode, por isso mesmo, ser aplicado em qualquer ambiente da casa, exterior ou interior. Aliás, se pretender utilizar um revestimento cerâmico no exterior, o antiderrapante é “a” opção! 

7. Revestimento cerâmico na fachada

 Houses by Sant'Anna, Modern

Optar por um revestimento cerâmico na parede da casa de banho ou da cozinha é usual, mas será que ainda se usa revestimento cerâmico na fachada? Os azulejos tradicionais, quadrados e com padrões elaborados e coloridos, caíram em desuso e destoam na paisagem. Porém, o revestimento cerâmico na fachada não se resume a estes azulejos.

O porcelanato, por exemplo, é uma boa opção para quem, por exemplo, sonha com uma fachada com aplicações em mármore, mas não tem orçamento para cobrir a compra de pedra verdadeira. Além do mais, e como já lhe explicamos, também é possível mimetizar a cor e a textura de diferentes tipos de madeira e até de tijolo.

Actualmente, encontra à disposição, no mercado, uma panóplia de revestimentos cerâmicos que percorrem modelos, tamanhos e texturas variadas. Pode aplicar na fachada azulejo com textura ou relevo para dar mais interesse ao edifício.

6. Reciclagem de materiais

Nos dias que correm, existe uma preocupação cada vez mais premente no que toca à preservação do planeta e dos seus recursos, sendo a reciclagem um hábito que temos, necessariamente, que incorporar na nossa rotina. A reciclagem dos revestimentos cerâmicos é uma realidade em relação à qual importa estar a par e é um processo possível através da reutilização de resíduos sólidos de fabricação que são reciclados para uma moagem onde são misturados com outras matérias primas, obtendo-se massa cerâmica. Os diferentes tipos de revestimento cerâmico, fruto das suas distintas características, serão objecto de técnicas de reciclagem diversas e mais ou menos complexas. O objectivo final é que, através da reciclagem de materiais, o impacto ambiental seja menor e que a reutilização dos resíduos como matéria prima leve a uma queda dos custos das empresas de produção.

8. Que profissionais lhe podem ser úteis?

Um arquitecto será o profissional indicado para o ajudar a escolher os melhores revestimentos para os interiores e exteriores da sua casa. Consulte a lista de arquitectos registados na homify. Se quiser trabalhar com um profissional que esteja perto de si, limite a sua pesquisa através da inserção do seu código postal ou nome da área servida.

Recomendado:


 Prefabricated Home by FingerHaus GmbH - Bauunternehmen in Frankenberg (Eder), Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!